Portal para a Cooperação na Área Económica,Comercial e de Recursos Humanos entre a China e os Países de Língua Portuguesa

sdsInscreva-se gratuitamente

  Está aqui:Início > Informação Económica e Comercial > Informação sobre Investimento > Guiné-Bissau
FMI prevê crescimento de 5,5% para Guiné-Bissau em 2017
Data de publicação: 2017-10-10 00:00:00 [Grande  Pequeno]

【 Guiné-Bissau 】

A economia da Guiné-Bissau pode crescer até 5,5 por cento este ano, com uma taxa de inflação em redor dos 2 por cento, afirmou o Fundo Monetário Internacional (FMI), na semana passada.

Os “bons resultados” previstos são apoiados pelos preços recorde do caju – uma das principais culturas da Guiné-Bissau –, que ajudaram a aumentar de forma significativa os rendimentos das famílias nas zonas rurais do país africano, observou o FMI, no comunicado decorrente de uma visita de duas semanas de uma equipa do organismo àquela nação, concluída no início do mês.

O FMI adverte, contudo, para a importância da diversificação da economia guineense, de forma a não estar tão dependente das exportações de caju no futuro.

“Isso irá exigir a promoção de um ambiente de negócios atractivo e com uma regulação estável e transparente no apoio a uma concorrência saudável”, acrescenta o comunicado.


Comentários
Conteúdo do comentário:
Código de verificação:
O comentário é exclusivamente pessoal não representa a opinião deste portal.

Conteúdo da mensagem