Portal para a Cooperação na Área Económica,Comercial e de Recursos Humanos entre a China e os Países de Língua Portuguesa

sdsInscreva-se gratuitamente

  Está aqui:Início > Informação Económica e Comercial > Informação sobre Investimento > Cabo Verde
Governo de Cabo Verde propõe aumento do salário mínimo para 139 dólares
Data de publicação: 2017-12-01 00:00:00 [Grande  Pequeno]

【 Cabo Verde 】

O governo de Cabo Verde pretende aumentar o salário mínimo de 11 mil para 13 mil escudos (139 dólares) a partir de 2018, ao abrigo de uma proposta anunciada pelo primeiro-ministro na apresentação do Orçamento de Estado para o próximo ano, entretanto já aprovado na generalidade, de acordo com a imprensa local.

Ulisses Correia e Silva adiantou que a ideia do governo é fazer com que o salário mínimo atinja 15 mil escudos (160 dólares) em 2021.

Na ocasião, o primeiro-ministro disse que as propostas constantes no Orçamento de Estado para 2018 incluem medidas de incentivo ao investimento privado, iniciativas empresariais e criação de emprego.

“Trata-se de um Orçamento do Estado alinhado com o plano estratégico de desenvolvimento sustentável, que vai dinamizar o sector privado e integrar o país na economia mundial”, disse o primeiro-ministro, Ulisses Correia e Silva, ao destacar, em declarações à televisão pública, a importância da aprovação do orçamento na generalidade.

O OE para 2018 de Cabo Verde prevê despesas no montante de 61 mil milhões de escudos (653 milhões de dólares), sendo que o cenário macro-económico contempla um crescimento económico de 5,5% e um défice orçamental de 3,1%.

O documento foi aprovado na generalidade com 37 votos a favor do Movimento para a Democracia (MpD), 23 contra do Partido Africano da Independência de Cabo Verde (PAICV) e três abstenções da União Cabo-verdiana Independente e Democrática (UCID). (Macauhub)


Comentários
Conteúdo do comentário:
Código de verificação:
O comentário é exclusivamente pessoal não representa a opinião deste portal.

Conteúdo da mensagem